Redes Sociais

Nosso Whatsapp

 (69) 3322-2589

Encontre o que deseja

NO AR

Hora do Rush

    Mundo

Argentina detecta mais casos de gripe aviária no centro e norte do país

A influenza aviária em países vizinhos fez o Sul brasileiro intensificar esforços para criar unidade autônoma contra a doença.

Publicada em 20/02/23 as 17:06h por Gazeta do Povo - 46 visualizações

Compartilhe
   
Link da Notícia:
Argentina detectou mais casos de gripe aviária em perus e uma galinha  (Foto: Reprodução)
A Argentina detectou neste domingo (19) mais casos de gripe aviária, desta vez em perus e uma galinha no centro e no norte do país, em meio às ações de vigilância e da emergência sanitária declarada na semana passada, quando foi identificado o primeiro positivo da doença animal. A influenza aviária em países vizinhos fez o Sul brasileiro intensificar esforços para criar unidade autônoma contra a doença.

O Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar (Senasa) confirmou novos casos de gripe aviária H5 em perus de quintal encontrados mortos na localidade de Alejo Ledesma, na província de Córdoba, na região central, e em uma galinha doméstica achada na província de Salta, no norte.

O órgão estatal fez apelo, em comunicado, "o setor produtivo a reforçar as medidas de manejo, higiene e biossegurança das granjas e que seja notificada imediatamente toda a detecção de sinais clínicos nervosos, digestivos ou respiratório, diminuição na produção de ovos, no consumo de água ou alimentação e alta mortandade de aves domésticas ou silvestres.

Na sexta-feira (17), foi informado pelo Senasa o segundo caso de gripe aviária na Argentina, em dois patos silvestres encontrados mortos na província de Córdoba. Dias antes, o primeiro positivo foi registrado na província de Jujuy, no norte. Na quarta-feira (15), o governo do país decretou emergência sanitária em todo o território nacional e anunciou reforço nos controles de fronteira, além de evacuações e aumento nas operações de vistoria em parques provinciais e nacionais.

Na semana passada, já havia sido anunciado um reforço na vigilância epidemiológica na fronteira norte, depois da detecção de um foco de gripe aviária na Bolívia. No último dia 8, a Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou, por meio de comunicado, sobre a propagação da doença em diferentes regiões do planeta.

A gripe aviária afeta, principalmente, aves domésticas e é classificada em dois subtipos, em função das proteínas de superfície, sendo considerada altamente mortal, de acordo com a OMS. Apesar de se tratar de uma doença de animais, é possível a transmissão dela para humanos que tenham contato com aves doentes.





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Nosso Whatsapp

 (69) 3322-2589

Visitas: 381409 | Usuários Online: 24

Plan FM - Sua Melhor Companhia! - Todos os direitos reservados

Converse conosco pelo Whatsapp!