Redes Sociais

Nosso Whatsapp

 (69) 3322-2589

Encontre o que deseja

NO AR

Gospel Plan

    Política

Ronildo Macedo responde acusação sobre dívida milionária com Energisa e garante que vai processar prefeito em Vilhena

Parlamentar disse que Flori Cordeiro prefere consumir seu tempo plantando “fake news” em redes sociais

Publicada em 10/05/24 as 07:47h por Extra de Rondônia - 15 visualizações

Compartilhe
   
Link da Notícia:
Foto Ilustrativa.  (Foto: Reprodução)
O embate entre o vereador Ronildo Macedo (MDB) e o prefeito Flori Cordeiro (Podemos) ganha novos contornos com a recente declaração do chefe do Executivo Municipal.

Em entrevista ao Extra de Rondônia nesta terça-feira, 7, Flori Cordeiro apontou Ronildo e o presidente da Câmara Municipal, Samir Ali (MDB), como responsáveis pelo escalonamento da dívida entre o Município e a Energisa.

Contudo, em visita à redação do Extra de Rondônia nesta quarta-feira, 8, Ronildo classificou as afirmações de Flori como “fake news”, atribuindo a prática de mentir como um hábito contumaz ao prefeito.

A polêmica sobre a dívida que perdura há décadas entre o Município e a companhia de fornecimento de energia elétrica é esclarecida por Ronildo Macedo, que está no segundo mandato de vereador e já foi prefeito interino em Vilhena.

Segundo ele, a iniciativa de cancelar o débito da empresa com o Município ocorreu por ato do ex-prefeito Zé Rover. Garante que a retirada do projeto da pauta da Câmara, relacionado ao assunto, foi determinada pelo ex-prefeito Eduardo Japonês, única autoridade competente para tal. “E Flori sabe disso. No entanto, mente para o povo a fim de confundir e tirar as atenções quanto ao seu péssimo desempenho enquanto gestor”, avalia.

Ronildo apresentou cópias de requerimentos de autoria de Samir Ali, questionando o Executivo sobre a questão e solicitando a abertura de CPI para apurar responsabilidades. No entanto, essa ação não avançou no Parlamento, inclusive com votos de vereadores atuais da base do prefeito que foram reeleitos.

O vereador destaca que não difamou o prefeito em redes sociais, mas expressou sua opinião sobre sua capacidade como gestor. Por outro lado, acusa Flori de difamação e injúria por seus ataques pessoais.

Além disso, Ronildo Macedo aponta a falta de ação do atual prefeito na busca por recursos federais, que poderiam aliviar as finanças municipais. Critica-se a pouca frequência de Flori Cordeiro em Brasília, sem resultados práticos visíveis.

Sobre a relação entre Ronildo e Samir, o vereador enfatiza que divergências passadas foram superadas, e os dois continuam como aliados em prol da população. Ronildo disse que lamenta a postura de Flori, que parece não compreender os princípios básicos de amizade e perdão.  “É um sujeito que se declara cristão, no entanto não parece conhecer os princípios elementares da doutrina de Jesus, que ensinava que o perdão é a base do relacionamento saudável e positivo entre as pessoas”, argumenta.

Finalizando, Macedo disse que exercendo interinamente o cargo de Chefe do Executivo no segundo semestre de 2022 trabalhava 18 horas por dia, “indo tomar café da manhã com os servidores da Secretária de Obras e a noite dando investidas nas unidades de saúde para conferir o andamento dos trabalhos de responsabilidade do Município, ao contrário do atual prefeito que parece não gostar muito de trabalhar e prefere consumir seu tempo plantando fake news nas redes sociais”.






ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Nosso Whatsapp

 (69) 3322-2589

Visitas: 381479 | Usuários Online: 37

Plan FM - Sua Melhor Companhia! - Todos os direitos reservados

Converse conosco pelo Whatsapp!