Redes Sociais

Nosso Whatsapp

 (69) 3322-2589

Encontre o que deseja

NO AR

Nossa Manhã

    Rondônia

Defesa Civil informa que período chuvoso deve diminuir em RO

Mesmo que o período de chuva ainda não tenha terminado, a Defesa Civil enfatiza que a expectativa é de redução no volume de água para o próximo mês de abril.

Publicada em 30/03/22 as 15:59h por Assessoria - 66 visualizações

Compartilhe
   
Link da Notícia:
 (Foto: Reprodução)
Depois do grande volume de chuvas que atingiu a Região Central de Rondônia deixando diversas famílias desabrigadas e desalojadas, a Defesa de Civil informa que devido às vazões, os rios da região estão voltando à normalidade.

Mesmo que o período de chuva ainda não tenha terminado, a Defesa Civil enfatiza que a expectativa é de redução no volume de água para o próximo mês de abril.

De acordo com a Defesa Civil a bacia do rio Machado e demais rios da região Central e Sul do Estado estão com uma vazão muito rápida. No momento o número de famílias atingidas é baixo.

“Os rios estão voltando para a sua normalidade, o período de chuva ainda não terminou, a previsão é até o final deste mês. A gente pode ver a quantidade de chuva que está assolando o estado de Rondônia. Estamos aguardando os órgãos competentes, Sipam, Agência Nacional de Águas, são eles que informam como vai estar o período de chuva. A princípio no mês de abril já é para diminuir esse volume de água, principalmente no Cone Sul e na Região Central do Estado”, contou o coordenador da Defesa Civil de Rondônia, major Jaime Fernandes da Silva.

Em Guajará-Mirim o município está em situação de alerta, depois que o rio Mamoré recebeu as águas do rio Beni algumas famílias tiveram perda de lavoura. Na próxima semana, a Defesa Civil Estadual estará se deslocando até o município para catalogar algumas famílias e oferecer assistência à coordenadoria municipal do município.

O comandante geral do Corpo de Bombeiros de Rondônia, coronel BM Nivaldo Azevedo Ferreira, enfatizou que o Corpo de Bombeiros está treinado para atuar, caso uma novas enchentes aconteçam.

Nível do Rio Madeira

De acordo com o major Jaime o nível do rio Madeira na manhã de segunda-feira (28) apontava 14,27 metros. A Defesa Civil está oferecendo assistência às famílias do baixo Madeira acompanhando os pontos onde o rio está chegando ao seu limite na cota de alerta que é de 15 metros.

“A previsão é que a cota de alerta não chegue aos 15 metros. Estamos com 14,27 que é o repiquete que o rio sobe e rapidamente ele volta. O rio Mamoré está com bastante volume de água, então a gente espera que esse repique do rio Madeira tenha mais duas semanas de nível de rio subindo, mas a vazão está muito boa e por isso não preocupa neste ano. Mas se chegar aos 15 metros, a Defesa entra em alerta”, disse.

A Defesa Civil de Porto Velho está com uma equipe dando assistência para a pasta, mas sem nenhum alarde. A partir do mês de abril começa o período vazante do rio Madeira. O major explica que a expectativa era de 15 metros no início do mês de março e 16 metros no final.

“Estamos com 14,27 hoje no período de vazante que as chuvas devem parar. Para nossa bacia do Madeira já trabalhamos com a possibilidade de estiagem e a seca também preocupa os órgãos competentes que se locomovem nessa hidrovia”, contou.






ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Nosso Whatsapp

 (69) 3322-2589

Visitas: 380394 | Usuários Online: 3

Plan FM - Sua Melhor Companhia! - Todos os direitos reservados

Converse conosco pelo Whatsapp!